O que você precisa saber antes de viajar para vacinar

Por Mylene Keiko.

(atualizado em 28/05/2021)

Vai viajar para vacinar? Antes, leia essas informações!

viajar para vacinar

O sonho do brasileiro de conseguir se vacinar antes do previsto, está mais próximo. Ainda que você precise pegar um avião e viajar para dois destinos fantásticos. E, ter tempo para isso. Mas, são as férias dos sonhos: praias maravilhosas na América Central, por 15 dias e mais 3, 24 ou 31 dias nos Estados Unidos (vamos explicar tudo mais abaixo). E, de presente, voltar vacinado. E, sim, a vacina é de graça. E, a viagem? Temos aqui no Pinguim App. Quer saber como viajar para vacinar?

OFERTA: CANCUN E MIAMI COM A SUA VIAGEM

O Pinguim foi buscar as informações mais importantes para você fazer dessa, uma viagem épica. Começamos por informar que, se o seu passaporte não estiver em dia, você deve correr para agendar no site da Polícia Federal.

Agora, se ele está em dia, como está seu visto americano? Aqui no Pinguim App, podemos te ajudar também.
Passaporte em mão e visto em dia? Vamos ao passo a passo para poder embarcar.

Qual vacina você optou por tomar?

 

viajar para vacinar

Sim, nos Estados Unidos, é possível escolher. O CDC – Centers for Desease Control and Prevention, criou um site onde você, depois de decidir para qual Estado vai, ou mesmo qual hotel vai ficar, pode entrar em contato para agendar. As vacinas são gratuitas e o horário depende mesmo de cada localidade. A maioria pode ser agendada online. Lembre-se que a CDC só orienta. Não é responsável pelo agendamento, ok?

É importante, antes de fechar o pacote para viajar para vacinar, verificar se o local escolhido tem a vacina escolhida.

As vacinas autorizadas nos Estados Unidos são:
Pfizer-BioNTechDuas doses com intervalo de 21 dias – Qualquer pessoa com 12 anos ou mais pode tomar.
Moderna Duas doses com intervalo de 28 dias – Qualquer pessoa com mais de 18 anos pode tomar.
Janssen da Johnson & JohnsonDose única – Qualquer pessoa com mais de 18 anos pode tomar.

Verifique se todos os viajantes são elegíveis e quais vacinas podem tomar. Isso inclui verificar possíveis alergias aos componentes das vacinas.

Os possíveis e raros efeitos colaterais podem acontecer. Eles são: dor no local da aplicação, vermelhidão e inchaço. No corpo, pode também ter cansaço, dor de cabeça, dor muscular, arrepios, febre ou náusea. Por isso, sugerimos, após a segunda dose, ficar de 3 a 5 dias a mais no destino. Pois, com febre, as companhias aéreas não deixam embarcar. Nos links acima (nomes das vacinas), você pode verificar mais detalhes de cada uma delas.

Seguro Viagem e informações de Saúde

Como em qualquer viagem, seguro é muito importante. Não somente em tempos de pandemia, mas até mesmo para escapadas de fim de semana dentro do Brasil. Além, claro, de destinos onde o seguro é obrigatório.

Aqui no Pinguim App, nosso parceiro Assist Card se preparou para atender com toda a qualidade e atenção que nossos usuários merecem. Além do desconto permanente de 10%, todos os seguros tem cobertura Covid-19 e, titulares do seguro Assist Card possuem desconto para teste PCR em diversos países disponíveis aqui. Mas, seguem informações preciosas:

– Para entrar no México, não é necessário o exame RT-PCR. Já para a República Dominicana, em 28 de maio, passou a vigorar a exigência do teste de antígeno ou RT-PRC, feito com, no máximo, 72h de antecedência. É importante lembra que o comprovante emitido pela Anvisa, tem que estar em dia com a vacina de febre amarela e preencher um formulário, que deve ser apresentado na entra a e saída do país. Na volta ao Brasil, o RT-PCR, também deve ser realizado. Para marcar o exame, leve em consideração a data do voo (com tempo de escala e desembarque), tempo de espera do resultado e o prazo máximo de emissão do resultado (em média, são 72 horas de antecedência).

Na saída do México/ República Dominicana (destinos que hoje aceitam quarentena para entrar nos Estados Unidos) é necessário fazer o teste de antígenos, que nada mais são do que proteínas com capacidade imunogênica. Os antígenos podem ser detectados já nos primeiros dias de sintomas, por meio da coleta de um swab das secreções respiratórias. É um teste rápido, que sai o resultado em minutos. Mas, é importante programar o horário para não ter problema na saída. (alguns hotéis oferecem os exames aos hóspedes e cada um segue uma regra).

A Assist Card tem uma lista de parceiros onde você terá desconto para fazer os exames, ao fechar a contratação de seguro viagem. Além disso, declarações de saúde devem ser preenchidos e entregues na entrada dos países: México, República Dominicana e Estados Unidos.

SUA VIAGEM: PUNTA CANA + MIAMI

– Para viagens aos Estados Unidos para a vacinação, como é necessário fazer quarentena no México ou República Dominicana, por exemplo, é só escolher o período todo da viagem como destino “América do Norte”.

– Caso você seja diagnosticado positivo antes da viagem, se cancelada até 24H antes do embarque, o reembolso será realizado 100%. Caso seja no próprio dia da viagem, como ele já estará em vigência, será cobrado somente um dia e reembolsado o restante.

– Caso você venha a testar positivo para Covid-19 durante a viagem, o seguro cobre despesas médicas e hospitalares. Caso precise usar o seguro para demais coberturas, que não se restrinjam somente ao Covid-19, solicitamos fazer uma simulação no site e verificar o que mais se encaixa ao perfil dos viajantes.

Como calcular a viagem?


Viajar para vacinar exige também uma programação minuciosa. Partindo do princípio que você tenha escolhido tomar a vacina da Janssen da Johnson & Johnson, que é dose única, você precisará organizar para fazer seu “home office” de 15 dias olhando para o mar do Caribe ou uma das lindas praias do México mais 3 a 5 dias fazendo compras nos incríveis outlets americanos. Claro que, se preferir, pode fazer um tour pela Cidade do México, fazer um tour por Teotihuacan ou conhecer a cidade maia de Chichén Itzá.

São diversos tours e destinos possíveis e o Pinguim App tem parceiros que podem te ajudar a programar seu dia a dia em cada cidade que você escolher. É só enviar um e-mail para [email protected]

A quarentena na América Central é o passaporte de entrada para os Estados Unidos. Deve ser contada perfeitamente para não ser barrado. Então, você deve contar o dia de desembarque no México ou uma das ilhas do Caribe, como dia 01. A partir dele, você só poderá pegar um voo para os Estados Unidos no 15º dia.

Chegando lá, vacinou? Por conta das possíveis reações à vacina, programe-se para ficar de 3 a 5 noites adicionais. Damos essa dica porque, caso tenha febre, a companhia aérea não te deixará embarcar de volta.

Agora, caso tenha optado por tomar a Pfizer-BioNTech, por conta do teu filho ter 12 anos (foi autorizada pela FDA a partir dessa idade, em 10 de maio de 2021), você deverá ficar pelo menos mais 24 dias nos Estados Unidos. Pois existe o intervalo de 21 dias entre as doses, mais o prazo de possíveis reações.

Já para quem vai tomar a vacina da Moderna, você sua família terão tempo de voltar falando inglês perfeitamente. São 28 dias entre a primeira e a segunda dose, mais 3 dias para efeitos adversos.

Vacinou? Vida normal???

viajar para vacinar
Ainda não, caro viajante. Você deve continuar se protegendo e protegendo o próximo. O percentual de vacinados no mundo ainda não reflete como o fim de uma pandemia. Portanto, continue usando máscara, se higienizando com álcool em gel e evitando aglomerações.

Ok… ok… ok… tuas próximas perguntas: Mas e no aeroporto? Dentro do avião?

Podemos dizer que, com exceção da nossa casa, onde temos o controle do quê e de quem entra, nenhum lugar é seguro ainda. Por isso insistimos no cuidado pessoal e orientações da Organização Mundial da Saúde. Mas, com base nas informações de aeronaves da Copa Airlines, todas estão equipadas com filtros de alta eficiência (HEPA), que purificam o ar em 99,97% contra vírus e bactérias. Além dos filtros, há um sistema de ar na cabine que renova o ar a cada 2-3 minutos e sua circulação vertical evita que se compartilhe com os passageiros do lado e da frente. Isso, combinado ao uso obrigatório de máscaras durante todo o período, resulta em um ambiente seguro e saudável a bordo.

E, caso você ainda não se sinta seguro para embarcar num avião, não se preocupe. Aqui no Pinguim App, a gente viaja de diversas maneiras: te inspirando com destinos incríveis, dicas e, o mais gostoso: trocar mensagens com quem tem o mesmo objetivo da gente. Viajar! Então, corre lá no app que tem um montão de usuário querendo bater papo.

Texto publicado em 13/05/2020.

App Pinguim

Instale o app e tenha a sua viagem - e a sua comunidade viajante - na palma da sua mão!

O Pinguim conecta viajantes a destinos e comunidades com interesses comuns para promover experiências únicas. No Pinguim, a gente viaja junto! Bora?