7 coisas para se fazer em um fim de semana no Recife

Sol, praia, caldinho, bonecos gigantes, ladeiras íngremes e o Carnaval mais democrático do País. Já sabe da onde estou falando? Recife, a capital de Pernambuco, é um dos destinos mais animados e bonitos do nordeste brasileiro. E apesar de possuir muitas atrações, é possível aproveitar bem um fim de semana no Recife.

Dá pra conhecer mais da cultura e história pernambucana, provar a gastronomia típica da região e curtir tudo que a capital tem a oferecer em apenas dois dias! Quer ver só? Então dá uma olhada nessa lista que eu separei de coisas imperdíveis para se fazer em Recife, em apenas um fim de semana:

  1. Tomar um sol na famosa Praia de Boa Viagem

    Assim como a Praia de Ipanema foi imortalizada na voz de Tom Jobim, a Praia de Boa Viagem é reconhecida por ser mencionada na famosa “Belle de Jour”, sucesso de Alceu Valença, um dos maiores artistas de Pernambuco de todos os tempos. A Praia de Boa Viagem é um dos pontos turísticos mais icônicos de Recife.

A praia se estende por oito quilômetros de orla, e suas águas formam piscinas naturais, por conta de seus arrecifes (responsáveis pelo nome da capital).

Contudo, a praia não é a mais indicada para banho – principalmente quando a maré está alta. Isso porque nessas águas nadam livremente tubarões, e quando a maré está alta, os animais marinhos conseguem atravessar a barreira de recifes, se tornando uma zona sujeita a ataques.

Por outro lado, é uma excelente praia para tomar um banho de sol, praticar esportes e tomar o famoso ‘caldinho’. O bairro de Boa Viagem também é considerado zona nobre da cidade e possui uma vasta oferta de bares e restaurantes, para todos os tipos de gostos e bolsos!

2. Conhecer a embaixada dos bonecos de Olinda
Já se perguntou como são construídos, do que são feito e como desfilam os gigantes bonecos de Olinda? As icônicas figuras carnavalescas são tão importantes para a cultura e história local que possuem sua própria embaixada.

O espaço funciona como um museu, que abriga os bonecos após o carnaval. Lá é possível conhecer todos os bonecos gigantes desenvolvidos para o carnaval de Olinda, que são sempre baseados em importantes personalidades da cultura nacional e internacional.

A visita é acompanhada por um guia, que irá responder todas as suas dúvidas e compartilhar curiosidades interessantes sobre os bonecos e o carnaval pernambucano!

3. Andar pela 3ª rua mais bonita do mundo
fim de semana no Recife
Eleita a 3ª mais bonita do mundo pela revista americana Architectural Digest, a colorida Rua Bom Jesus, localizada no Centro Antigo do Recife é com certeza um dos principais pontos turísticos do destino.

Considerada a via mais antiga da cidade, a rua possui uma arquitetura antiga, abriga inúmeras construções históricas, inclusive a primeira sinagoga das Américas, a Kahal Zur Israel.

A rua ainda abriga atrações como o Balé Popular do Recife, a Feira de Bom Jesus, a Embaixada dos Bonecos Gigantes de Olinda e muito mais!

4. Visitar a cidade de Olinda
Assim como Gramado e Canela, as cidades de Recife e Olinda são vizinhas próximas e paradas obrigatória para quem vai visitar um dos dois destinos. Se for pra Recife, tem que dar uma passada em Olinda. Assim como quem for pra Olinda, tem que conhecer o Recife. As cidades ficam a menos de 6 km de distância e se complementam.

Reserve pelo menos 5 horas do seu dia para explorar as famosas ladeiras de Olinda, um dos principais palcos do Carnaval nacional. Contudo, prepare as pernas, porque não é moleza!

Enquanto em Olinda, não deixe de visitar esses pontos turísticos:
– Mosteiro de São Bento;
– Sede da Prefeitura;
– Igreja do Carmo;
– A casa azul de Alceu Valença;
– O Alto da Sé;
– Mercado de Artesanato Silvia Pontual.

5. Navegar de catamarã pelas águas do Rio Capibaribe

Há quem diga que Recife é a Veneza das capitais brasileiras. Isso porque a cidade é cortada por alguns rios, fazendo com que seja possível navegar entre os canais e conhecer a cidade sob uma outra perspectiva.

O passeio de catamarã é uma ótima opção para conhecer mais sobre a história da cidade e apreciar a beleza da capital. Existem diversos roteiros diferentes, alguns com focos nos bairros de Recife, com parada em pontos turísticos como o Jardim Baobá ou Parque das Esculturas.

Em contrapartida, outros tours cruzam as importantes pontes da cidade, inclusive a Ponte Duarte Coelho, que todo ano – durante o Carnaval – recebe a gigante escultura de quase 30 metros de altura do Galo da Madrugada, mascote do bloco carnavalesco que é considerado o maior do mundo, segundo o Guinness Book.

Independente da rota escolhida, o passeio é delicioso e possui a companhia de guias animados que compartilham informações super interessantes sobre o destino.

6. Provar a mariscada da Negralinda na Ilha de Deus
Recife foi a primeira capital a receber o título internacional de Cidade do Turismo Criativo, pela entidade Creative Tourism Network.

Isso se deve graças aos esforços da gestão turística do destino, que aproveitou para explorar bem todo o potencial que a cidade apresentava e criar experiências inovadoras aos seus turistas.

Uma dessas experiências acontece na Ilha de Deus, mais especificamente no bistrô da Negralinda. O restaurante promove uma atividade onde os visitantes podem aprender a cozinha a deliciosa mariscada da renomada chef de cozinha, que também é moradora da Ilha, que se destaca por ser uma pequena comunidade de pescadores. A experiência é incrível e os pratos são de dar água na boca!

7. Conhecer a história pernambucana no Museu Cais do Sertão

fim de semana no RecifeEleito um dos vinte melhores museus da América do Sul em 2015, pelo TripAdvisor, o Museu Cais do Sertão remonta, de forma interativa, a história de vida de um dos principais personagens da história do Estado: o celebrado músico Luiz Gonzaga, rei do baião.

Criado para homenagear a figura e também para apresentar mais sobre a cultura do sertão, o museu possui uma arquitetura fantástica, atrações divertidas e sensoriais, e instalações modernas.

Para melhorar, foi inaugurado em 2019 um restaurante rooftop no local, que possui uma vista espetacular para todo o Recife Antigo, para o Parque das Esculturas, e para o mar! O cardápio e decoração do lounge também merecem elogios.

Então, bora pernambucar? Se você já conheceu o Recife, aproveite para avaliar o destino no meu aplicativo, e deixar as suas dicas e experiências para ajudar outros viajantes que desejam desfrutar de tudo que a capital pernambucana oferece.

Se ainda não conheceu, que tal passar um fim de semana no Recife? Então dá uma olhada nessa oferta da Sua Viagem.

App Pinguim

Instale o app e tenha a sua viagem - e a sua comunidade viajante - na palma da sua mão!

O Pinguim conecta viajantes a destinos e comunidades com interesses comuns para promover experiências únicas. No Pinguim, a gente viaja junto! Bora?